O papel do CHRO no esquema hibrido 

Muitas empresas têm o grande desafio de decidir entre o trabalho remoto e o trabalho presencial. No entanto, nenhuma das opções parece ser a ideal para muitas organizações.

“Existem dois esquemas de trabalho opostos: o remoto e o presencial. Ambos têm suas vantagens. A ida ao escritório ajuda a empresa a fortalecer a sua cultura e incentiva a interação pessoal, o “olho no olho”. Além disso, o trabalho presencial possibilita sair do ambiente pessoal e ajuda a estabelecer limites entre a vida profissional e a vida familiar ou pessoal. Por outro lado, ficar em casa pode ser mais cômodo, uma vez que não perdemos tempo com o deslocamento. De forma breve, diria que as principais vantagens do home office são o time management e a flexibilidade”. Sergio Margosian – Associate Partner Page Executive, Brasil.

Neste contexto, há empresas que vivenciaram um fenômeno chamado de “grande demissão”, resultante da insatisfação gerada entre os colaboradores quando foram solicitados a retornar ao trabalho presencial e abrir mão do home office, sem opção de escolha.

Diante disso, o Executivo de Recursos Humanos (ou CHRO) assumiu um papel fundamental na direção das empresas na busca da adaptação e o sucesso em um ambiente de transformação digital. Como consequência deste cenário, surgiu uma nova forma de trabalho, que é o trabalho híbrido, uma tendência advinda da pandemia da COVID-19.

“Definitivamente, o trabalho híbrido parece ser um modelo de sucesso. O importante agora é identificar as vantagens de cada modelo de trabalho dentro de sua área profissional e utilizá-lo de forma a alavancar sua produtividade e fortalecer as interações pessoais”. Sergio Margosian – Associate Partner Page Executive, Brasil.

Para facilitar este período de transição, os RHs têm incentivado os colaboradores a retomar o trabalho presencial apenas alguns dias por semana, de forma gradual. Há empresas que estão implementando programas de incentivo e conveniências para tornar o retorno ao escritório voluntário.

O papel do CHRO no esquema hibrido 

Por que ir ao escritório?

Em função do longo período de trabalho remoto decorrente da pandemia, conseguimos identificar, também, importantes benefícios do trabalho presencial que estão relacionados ao fortalecimento da cultura corporativa e estreitamento das relações pessoais, que são elementos chave na atração e retenção de talentos.

“Com o retorno ao escritório, voltamos em questões que antes eram básicas, do nosso cotidiano. Por exemplo: os almoços, os eventos de aniversariantes do mês, o cafezinho nos intervalos das reuniões, as amizades, e todas essas pequenas, mas constantes, interações. Desta maneira, recuperamos a espontaneidade e a cercania, que são fundamentais para o fortalecimento das equipes e, como consequência, da cultura corporativa”. Sergio Margosian – Associate Partner Page Executive, Brasil.

Outro ponto observado é que, para muitas pessoas, os limites entre o horário de trabalho, descanso e férias foram diluídos durante o trabalho integralmente remoto. Estar “sempre” disponível dificulta o descanso mental e muitas vezes leva ao esgotamento dos colaboradores. Para evitar isso, alguns países estão tomando medidas de proteção aos seus colaboradores. Em Portugal, por exemplo, foi aprovada uma nova lei que não autoriza os empregadores a contatar os seus colaboradores fora do horário de trabalho.

Neste contexto de transformação digital, os CHROs têm atuado como agentes de mudança que entendem as necessidades e particularidades de seus negócios e dos stakeholders, e, paralelamente, proporcionam ambientes e modelos de trabalho que visam o bem-estar, desenvolvimento e produtividade de seus profissionais.

Leia mais sobre o assunto

Se você se interessou neste artigo, sugerimos que leia nosso e-book 8 Executive Trends, no qual aprofundamos sobre o protagonismo dos CHROs nas empresas. Além disso, analisamos outros tópicos, tais como:

  • A relação entre finanças e ESG;
  • Diversidade e Inclusão;
  • CHRO no mundo híbrido;
  • O papel do Diretor Geral de Sustentabilidade;
  • CIO e a estratégia digital;
  • A importância da idade para ser C-level;
  • Pessoas com deficiência no local de trabalho;
  • Planejamento de sucessão.

Estudo de Remuneração Page Executive 2022

Conheça as últimas tendências salariais em cargos executivos

Ver agora

Estudo de Remuneração Board Members

Conheça as tendências da região sobre os membros de Conselhos que lideram as organizações

Baixar o conteúdo

A Trajetória dos CEOs no Brasil

Se deseja saber como se tornar um diretor executivo, leia nosso e-Book

Clique aqui

8 Executive Trends 2022

Descubra as principais tendências executivas a nível global e local

Leia a gora

Contate-nos

Vamos falar sobre o futuro da sua organização e/ou carreira

Contate-nos